Tel: (21) 2547-8622      drveragarcia@gmail.com
BUSCA NO BLOG:

BLOG - Janeiro Branco

23Jan2017

Os transtornos mentais acometem indivíduos de todas as faixas etárias, sexo, raças e classes sociais.

A depressão já é considerada o mal do século e o segundo maior problema de Saúde pública. Segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 20% da população global terá algum problema ou distúrbio mental durante a sua vida.

A Associação Brasileira de Psiquiatria calcula que mais de 40 milhões de brasileiros possuem algum distúrbio mental e aproximadamente 10% das mulheres e 6% dos homens terão algum episódio depressivo durante os próximos anos.

Além da depressão, outras doenças psiquiátricas também se tornaram conhecidas dos brasileiros, como os transtornos de ansiedade, a bipolaridade e a síndrome do pânico.

Atualmente o diagnóstico de transtornos mentais é realizado com base na observação clínica de um conjunto de sinais e sintomas apresentados pelos pacientes em um determinado período.

O uso de exames complementares, como tomografia axial computadorizada, ressonância magnética e a TEP (Tomografia de Emissão de Positrões), um tipo de gamagrafia que mede o fluxo sanguíneo em áreas específicas do cérebro,  conseguiu diferenciar uma perturbação psiquiátrica de outra, levando a uma maior precisão no diagnóstico.

SAIBA MAIS:
A maioria dos transtornos mentais aparece na infância: 50% antes dos 14 anos e, 75% dos casos, antes dos 24 anos. Se não tratados podem evoluir até a idade adulta. A prevenção na área de saúde mental também é vital para o bem-estar e a qualidade de vida no futuro. Grande parte da população valoriza apenas o cuidado com o corpo físico e, às vezes, esquece a importância de zelar por uma boa saúde mental e emocional. Cada vez mais presentes e atuantes, as mulheres são mais sensíveis, do ponto de vista emocional, do que os homens e, por isso mesmo, mais propensas a desenvolver transtornos e fobias.

O tratamento psiquiátrica, aliado a práticas como exercício físico, psicoterapia e meditação proporciona às pessoas que sofrem de transtornos mentais como depressão, pânico e fobias, a possibilidade de voltar à sua vida normal, livre do sofrimento causado pelas doenças. 

Não hesite em procurar ajuda de um psiquiatra. Sua saúde é muito importante.